skip to Main Content

COVID-19

  • Se possível, opte pelo trabalho remoto
  • Mantenha os cuidados de higiene a nível pessoal
  • Tenha cuidados extra com pessoas de idade mais avançada
  • Evite locais públicos, aglomerados de pessoas e salas fechadas

Uma vez que a situação exige uma adaptação por parte das empresas, gostaríamos de saber se:

  • Já teve oportunidade de ler o Plano de Contingência LISPOLIS (aqui)
  • A sua empresa já criou um Plano de Contingência
  • A sua empresa equaciona / já está a promover trabalho remoto

Relembramos que o contacto primordial para apoio sobre Coronavírus é o número SNS24: 808 24 24 24 

Tecnologias De Big Data Para Analisar Comportamentos, Reputação E Consumo

Tecnologias de Big Data para Analisar Comportamentos, Reputação e Consumo

    Entidade:  INDIE e LISPOLIS
No próximo dia 8 de março vai realizar-se no LISPOLIS, entre as 9h e as 11h, a sessão "Tecnologias de Big Data para Analisar Comportamentos, Reputação e Consumo", promovida pela INDIE em parceria com o LISPOLIS.

 

Esse encontro pretende - não apenas com exemplos, mas com aplicações tecnológicas próprias - mostrar o panorama das mudanças na área tecnológica, bem como responder se a automação, prometida pelas tecnologias de big data, será capaz de mudar a maneira de gerir negócios, consumidores e reputação de empresas e indivíduos.

A multiplicação de soluções tecnológicas que alimentam a "utopia da previsão", onde todos os movimentos de consumidores, organizações e governos serão identificados através de inteligência artificial, provoca uma nova corrida cujo ouro seria os bancos de dados cultivados e administrados por empresas, governos e instituições sociais. Os dados, processados por linguagem computacionais que popularizam aplicações baseadas em machine learning. Antes tendência, hoje realidade, o propagado Big Data tornou-se um mercado que funde alta ciência e alta tecnologia para identificar e vender melhor para microsegmentos de públicos, produzir estratégias de reputação corporativa, controlar fluxos de mensagens durante crises na opinião pública, planejar campanhas e ações de marketing, governar a imagem entre consumidores através de monitoramento em tempo real em redes sociais.

 

A inscrição é gratuita, aqui.

 

Confira o programa completo:

  • Utrassegmentação nas mídias sociais.

  • Processo de classificação e análise de BIGData.

  • Aplicações de cultural analytics.

  • Identificação de estilos de vida através de dados de Instagram, Facebook, Twitter e Blogs.

  • Projetos “big” em insights: baseados em pesquisa.


 

Sobre o formador

Fábio Malini é pesquisador e consultor de ciências de dados, economia política e redes sociais . Especializou-se na produção de visualizações de grafos a partir de megadados (big data) sobre relações políticas e culturais estabelecidas em redes. Possui doutorado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escreveu, com Henrique Antoun (UFRJ), o livro "A internet e a Rua" (Sulinas, 2013). É professor na Universidade Federal do Espírito Santo, onde coordena o Labic (Laboratório de estudos sobre Imagem e Cibercultura), dedicado a coleta, mineração, visualização e análises de megadados de temas econômicos, políticos e culturais nas redes sociais). Desenvolveu visualizações interativas para os jornais e revistas El País, O globo, Estadão, Folha de SP, Zero Hora, Carta Capital, Placar. E atuou em trabalho com dados com empresas, organizações não governamentais, agências de publicidade e instituições internacionais, como Unicef, Edu Comission, Itaú, In Press, Textual e FSB. Atualmente é professor visitante no King's College London no Departamento de Humanidades Digitais.

 

Sobre a INDIE

INDIE.MEET® é uma iniciativa da INDIE., uma empresa com expertise em estruturação e comunicação de negócios e usa ferramentas de inteligência artificial para subsidiar planeamentos e projetos de gestão estratégica de informação. Possui larga experiência com os mais diferentes perfis de empresas, o que permite entregar um trabalho rico e focado em ações, baseado em inteligência de mercado e vivência multifuncional global. Tem trabalhado no Brasil para agências de comunicação corporativa de grande porte, como o Grupo In Press, o Grupo Máquina, o Grupo Informe, a RP1 e a Re9 Comunicação. E agora inicia sua operação em Portugal.
Back To Top