05
Dez

“Ser Ciberseguro – o que fazer?”

Entidade: CEDINTEC

Local:

Conscientes da transformação digital e dos desafios a ela associados, muitas empresas estão preocupadas em adotar tecnologias que lhes permitam ganhar vantagem competitiva no mercado. Contudo, este é apenas um lado da moeda. O reverso tem a ver com a cibersegurança, que deve, paralelamente, ganhar importância na agenda das empresas, num momento em que todos os dias são relatados ataques no ciberespaço.

 

Neste sentido, é importante perceber-se que não têm de ser necessariamente os técnicos de informática os únicos a terem esta preocupação dentro das organizações. Pode e deve surgir ao nível da gestão de topo, mas também dos seus funcionários, até porque no caso das microempresas, ou mesmo das pequenas e médias empresas (PME), maioritariamente não existe este departamento. Por isso, é necessário ter consciência de que saber navegar na internet de uma forma mais segura é fundamental.

 

O CEDINTEC, em parceria com o Centro Nacional de Cibersegurança, vai organizar a conferência “Ser Ciberseguro – O que fazer?” que se realiza no dia 5 de dezembro, das 14h30 às 18h00, no Auditório da AIMMAP, no Porto.

 

A entrada neste evento é livre, mas sujeita a inscrição pelo email ser-ciberseguro@cedintec.pt com indicação do nome, empresa, cargo e contacto para posterior confirmação de presença.

 

Confira o Programa Completo:

14:30 Abertura
Boas vindas Presidente AIMMAP
Lino Santos, CNCS
Marques dos Santos, CEDINTEC

15:00 Dois casos concretos
Um caso de reação a um ataque, João Ricardo, MULTISAC.
Boas práticas de ciberhigiene, Nuno Galveia, JERÓNIMO MARTINS

16:00 Networking com café

16:30 Autodiagnóstico do grau de maturidade de Cibersegurança
Apresentação da ferramenta, Lino Santos, CNCS

17:30 Implementar recomendações
Utilizar as metodologias da qualidade e certificação, Paulo Miguel, APCER

18:00 Encerramento
Marques dos Santos, CEDINTEC