Cleantech Camp 2018

Janeiro 29, 2018 10:28

A InnoEnergy, a Gas Natural Fenosa, a agência Barcelona Activa, a Câmara Municipal do Porto e o UPTEC, através da iniciativa ScaleUp Porto, promovem a terceira edição do programa Cleantech Camp, que tem candidaturas abertas até ao dia 18 de fevereiro.

 

Este programa é destinado a qualquer empreendedor (doutorado, investigador ou profissional) com uma ideia de negócio ou empresa em fase inicial que queiram empreender no sector das energias limpas.

 

O objetivo do programa é promover a transferência tecnológica e o empreendedorismo no campo das energias limpas. Este ano, a iniciativa traz novidades como novas temáticas de aceleração relacionadas com as infraestruturas de redes energéticas.

 

Os três projetos com maior potencial de impacto no mercado receberão uma contribuição financeira e apoio à aceleração e ao crescimento empresarial avaliada em mais de 50.000 euros.

 

Uma das novidades deste ano é a presença da cidade do Porto no evento, dando a oportunidade aos participantes de conhecer o ecossistema empresarial desta cidade portuguesa. Nesta edição, o parceiro principal, a Gas Natural Fenosa, em parceria com a InnoEnergy, procura soluções relacionadas com os seguintes desafios: automação e controlo de redes de distribuição energética, geração distribuída e autoconsumo, infraestruturas para a mobilidade sustentável (VE+GNV), realidade virtual e aumentada para infraestruturas energéticas.

 

De todas as candidaturas recebidas, serão selecionados um máximo de 15 projetos relacionados com as seguintes temáticas:

  1. IoT & AI energia.
  2. Eficiência energética.
  3. Smart Cities.
  4. Energias renováveis.
  5. Mobilidade sustentável
  6. Smart grids.
  7. Cibersegurança & blockchain na energia.

 

 

 

O programa tem um formato muito dinâmico para se poder elaborar o plano da empresa e validar a ideia de negócio com os parceiros do programa. O objetivo final é que os participantes validem com o mercado a ideia de negócio e criem a estratégia de implementação e lançamento adequada.

 

Os custos de viagem e alojamento nas cidades onde se irá desenvolver o programa estão cobertos pela organização. Além disso, os participantes disporão de um espaço na agência Barcelona Activa e no UPTEC, assim como acesso ao Innovation Hub da Gas Natural Fenosa para a realização de workshops.

 

Os participantes do Cleantech Camp passam também a estar elegíveis ao programa de investimento da InnoEnergy, tendo possibilidade de aceder a um investimento avaliado em 500.000 euros, em diferentes fases.

 

Nesta edição, o programa Cleantech Camp conta com a colaboração da ESADE Business School como Training Partner, com a presença de diferentes colaboradores e professores como o diretor do programa B2B Sales Management, Oscar Torres, ou a diretora da ESADE Entrepreneurship Institute, Luisa Alemany. Para a lista completa de formadores e mentores, consulte a página do programa. Também são parceiros de inovação desta iniciativa a COMSA Corporación e o Ceiia.

 

O vencedor receberá 20.000 euros e o primeiro e segundo finalistas receberão 10.000 e 5.000 euros, respetivamente, além do suporte para o crescimento e consolidação do projeto com contributos em serviços no valor de 15.000 euros para os projetos com maior potencial de Espanha e Portugal. Estas contribuições serão feitas pelos knowledge partners do programa, Osborne Clarke, Ateknea, SRS Advogados e ZBM Patents que estarão também presentes no evento final do programa, no dia 21 de junho, como jurados.

 

Saiba mais aqui e inscreva-se no website do programa, em www.cleantechcamp.com.