LISPOLIS ajuda a criar Rede Peninsular de Inovação Aberta

Julho 31, 2017 3:30

O LISPOLIS tem participado ativamente na constituição de uma nova rede, a Rede Peninsular de Inovação Aberta, que tem como líderes a Universidade de Málaga e o Polo Tecnológico da Andaluzia (PTA). Esta rede será promovida também por uma série de entidades portuguesas, como a Universidade e o Polo Tecnológico de Aveiro, o Instituto Politécnico de Santarém e a Universidade do Algarve.

 

 

Transferência de tecnologia, inovação e internacionalização são preocupações de todos, quer estejamos a falar de Universidades, Polos Tecnológicos ou empresas, em Espanha ou em Portugal. Uma rede de colaboração mais pequena tem a possibilidade de facilitar a disseminação do conhecimento gerado, facilitar a realização de processos de Inovação Aberta ou realizar candidaturas nas quais participem entidades dos dois países e da Rede.

 

 

A rede foi lançada em fevereiro em Espanha e Faro acolheu em julho a última reunião, na qual foi discutido não só um grupo de boas práticas mas também o respectivo documento de criação da Rede, que se espera ser formalmente constituída em outubro em Portugal.